Nova rede Renner

 

Ela come√ßou um tempinho atr√°s com duas lojas piloto e o nome de Blue Steel. Mas deve decolar mesmo com outro nome, Youcom, a ser trocado em junho. O alvo √© o p√ļblico jovem da classe m√©dia.

A partir de 2014, a Renner promete expandir a rede, chegando a 400 lojas em todo o país até 2021.

 

Comentar

Quem disse que tem que ser preto?

 

Cores nos displays de joias!  Chega de preto e branco, concordam?

 

Comentar

Vitrines com pegada sustent√°vel

 

A rede Antropology comemorou o Dia do Planeta, no √ļltimo dia 22, com vitrines que mostram jardins feitos a partir do reaproveitamento de materiais. Em meio √†s roupas e bijus vendidas pela rede havia plantas em pneus, latas e garrafas. A ideia era estimular a cria√ß√£o de jardins de verdade, em casa.

Só lembrando, as vitrines não precisam ser iguais, apenas seguir o mesmo conceito, tá?

Vamos a elas. Em Princetown, as latas:

No Texas, pneus:

Em Lousville, Kentucky, garrafas pet:

 

 

 

Comentar

A vitrine apache da Tyrol

 

Os motivos étnicos estão em alta no mundo da moda. E a Tyrol se inspirou na onda para criar uma vitrine apache. Gostaram?

 

Comentar

Eis um desafio para os vendedores

 

Sabemos que, para um vendedor, é bem mais fácil vender um produto que gosta. Mas o gosto dele nem sempre é o do cliente e há produtos que encalham por simples má vontade de quem está na linha de frente. Portanto, vamos lançar um desafio:

Re√ļna a equipe. Cada vendedor deve pegar o produto que considera mais feio ou aquilo que jamais usaria/compraria. O desafio √© encontrar, naquele produto, tr√™s coisas que se gosta. E apresentar o produto aos demais vendedores, com uma frase do tipo ‚Äútem isso aqui e √© legal porque‚ÄĚ, juntando o atributo do produto com o benef√≠cio para o consumidor.¬† Se o vendedor pega uma camisa florida, por exemplo, pode dizer que gosta do corte, porque afina a silhueta. Ou que gosta das cores, porque d√£o um ar jovial e alegre ao look.

Esse exercício faz com cada um deixe de lado as preferências pessoais. E ajuda a exercitar argumentos de venda. Vamos colocar em prática?

Comentar

Haja dedo pra tanto anel

 

Vocês conhecem o quiosque de anéis, da rede Ring Lovers? A mulherada pira, querendo provar todos. Eles ficam presos na aneleira, mas você consegue colocar na sua mão. Aí já viu. Colocou, levou!!!

 

 

 

 

Comentar

√Č listra pra todo lado!!

 

O estilo navy está na moda, com várias grifes usando listras em casacos, bolsas, vestidos, sapatos. Então, nada mais justo do que ter, também, vitrines listradas. E, convenhamos, listras são ótimas para explorar contrastes de cor e geometria. Até manequins listrados rolou!

Há vários exemplos.  Em Paris,  Sonia Rykiel e Lanvin. Em Nova York, Louis Vuitton, e em Londres, a vitrine da Fendi. Confiram. E inspirem-se!

Lanvin

Lanvin

Sonia Rykiel

Sonia Rykiel

Louis Vuitton

Fendi

Comentar

Lança Perfume, a loja conceito

 

Incrível a loja conceito de uma das marcas de maior sucesso comercial no feminino, a Lança Perfume.

Unindo o conceito da mulher que quer e pode vestir roupa protagonista, forte.

 

Comentar

Um toque de bom humor no ambiente

 

Que tal ser recebido por um enorme King Kong numa loja de bijus? √Č assim a rec√©m-inaugurada loja Iosselian, em NY. O ambiente clean √© quebrado pela irrever√™ncia do macaco.

Como a loja vende bijus megacoloridas, os displays e toda a arquitetura √© neutra, para n√£o ‚Äúroubar‚ÄĚ a aten√ß√£o das pe√ßas. E o macaco tira a sisudez do ambiente, n√©? Tudo a ver com as bijus, de design contempor√Ęneo e assim√©trico, que s√£o sempre uma surpresa.

A Iosselian é italiana, com lojas em Tóquio, Osaka e vários países da Europa. Na loja de Osaka, o elemento surpresa é um raio de neon, despencando do teto.

Fotos: Divulgação

Comentar

Que tal usar as redes sociais para engajar clientes?

 

O chef Jamie Oliver acionou as redes sociais para escolher a capa do card√°pio de um de seus restaurantes, na Austr√°lia. Mostrou 6 op√ß√Ķes, todas bacanas, nas redes e jogou a quest√£o: Qual escolher?

Jamie disse que estava na gr√°fica e n√£o conseguia se decidir, embora tivesse uma favorita. Sua d√ļvida era saber se a que ele mais gostava iria agradar tamb√©m aos australianos.

No Facebook, onde ele tem 1,3 milh√£o de f√£s, mais de 2 mil pessoas opinaram. No dia seguinte, saiu a resposta. A escolhida √© uma representa√ß√£o estilizada de um sol ‚Äď a cara da Austr√°lia!

O legal dessa hist√≥ria √© o exemplo de como usar as redes para envolver os clientes,¬†fazendo com que se¬†sintam “parte do neg√≥cio”. Inspira√ß√£o para qualquer empresa!!

Comentar