Pra fazer escola

 

Projeto vencedor do grupo O Boticário. Jovem, alegre, bom preço, a rede Quem Disse, Berenice? tem excelente arquitetura, do escritório carioca Bel Lobo e Bob Neri, e Visual Merchandising da Vimer! Tudo certo!!

quem disse berenice

 

Comentar

Dicas para dispor os produtos. E vender mais!

 

Exibir adequadamente os produtos é meio caminho andando para fechar uma venda. Eis algumas dicas para ajudar na tarefa de expor produtos:

> As pessoas compram o que vêem. Vitrines vazadas, que permitem ver o interior da loja costumam ajudar a levar o cliente para dentro. Roupas dispostas em manequins também.

> Eye level is buy level, costumamos dizer. Sim, produtos na altura dos olhos são aqueles com mais chance de serem comprados. E produtos ao alcance das mãos também.

> O consumidor se sente sufocado se estiver num local apertado. Ele precisa andar, circular livremente, sem trombar com outras pessoas ou com g√īndolas. Leve isso em considera√ß√£o, mesmo numa loja pequena, ao dispor balc√Ķes e displays.

> As pessoas compram mais quando os itens estão agrupados de forma complementar. Cintos, por exemplo, podem estar próximos dos jeans. Isso encoraja o comprador do jeans a experimentar um cinto e levá-lo.

> Estude possíveis sequências.  Shampoo, seguido de condicionador e de anti-frizz, por exemplo, seguem a ordem de uso dos produtos. Dispor, respeitando essa ordem, ajuda a vendê-los.

Comentar

Vitrines chamativas? Olhe estas!

 

A Champs Elysées e a 5th Avenue amanheceram com exemplares de velociraptors, tiranossauro rex, triceratops e outros dinos tão assustadores quanto. Vitrines da Louis Vuitton, em Paris e NY, trazem desde junho os esqueletos desses bichos para mostrar a coleção pre-fall/winter 2013-2014. Alguns bichos carregam bolsinha!

H√° muito os dinos fascinam crian√ßas e adultos, n√£o tem como n√£o parar para olhar as vitrines. Uma vez dentro da loja, os produtos t√™m descri√ß√Ķes detalhadas como as encontradas em museus.

Fotos:  Facebook/Louis Vuitton

Comentar

Adoçar a vida, um santo remédio!!

 

São as mesmas balinhas de goma e jujubas coloridas de sempre, mas a pegada aqui é diferente. Na Happy Pills, rede espanhola de franquias, há balinhas para males do amor, para reforçar o amor de mãe, levantar o astral, para dias de cabelo ruim e por aí vai. Divertidas, elas são acondicionadas em frascos de remédio.

Na loja, o consumidor escolhe o frasco, enche-o com as ‚Äúp√≠lulas‚ÄĚ de sua prefer√™ncia, escolhe e cola a etiqueta e paga no caixa. H√° tamb√©m embalagens na forma de maletinha, de porta-p√≠lulas e por a√≠ vai. Nada como uma boa dose de imagina√ß√£o e criatividade para reinventar algo e criar, a partir da√≠, um neg√≥cio!

Comentar

Arte em vitrines

 

Quem esteve na Regency Street, em Londres, no in√≠cio de maio pode ver a quarta vers√£o do Regent Street Windows Project. A ideia √© unir arquitetura e arte, transformando as lojas participantes em locais de instala√ß√Ķes e vitrines inovadoras.

Na Topshop, os manequins compunham uma roda-gigante vestidos de forma a criar um degradê de cores:

 

Na Karen Millen, o projeto ganhou o nome de Jardim M√°gico e foi concebido por Arthur Mamou-Mani. Tecidos uniam as v√°rias vitrines, criando o efeito de uma onda quando visto √† dist√Ęncia. Olhando mais de perto, o tecido revelava formas de plantas, num efeito fant√°stico.

Acima, Mamou-Mani discutindo o seu Jardim. Abaixo, detalhe de uma das vitrines:

Por trás da iniciativa está a associação dos lojistas da Regency.

Fotos: AgneseSanvito

 

Comentar

Sutil diferença, enorme diferença!

Vejam só o efeito produzido pelo detalhe do batom nos manequins!

 

 

Comentar

Aula de varejo

 

Uma das melhores li√ß√Ķes de Visual Merchandising do varejo: a feira. Ali, eles sabem como ningu√©m mesclar cores e cheiros. S√£o super proativos na abordagem ao consumidor e muitas vezes conhecem o cliente pelo nome!

Comentar

Torneira de chocolate belga? Hhamm!!

 

Instalação da chocolateria belga Godiva em uma de suas lojas: uma torneira jorrando chocolate!  Dá vontade de ter uma dessas em casa!

Comentar

Borboletas na Lanvin Paris

 

Na passarela, os tecidos e adereços traziam borboletas. Nas vitrines, idem. A Lanvin Paris encheu-se de borboletas pretas, tal qual o convite para o desfile, em homenagem à primavera.

Comentar

Glamour francês em Londres

 

Uma parceria entre a loja de departamentos Harrods, de Londres, com a grife Dior resultou num encontro fabuloso entre o glamour francês e a cultura inglesa.  Durante um mês a Dior conduziu uma exposição de vestidos históricos, no quarto andar da Harrods, abriu uma pop-up store no térreo, fez as vitrines e ainda criou o Dior Café, servindo receitas tiradas do livro de culinária do próprio Christian Dior. Foi um sucesso, claro. Os cupcakes (com bolsinhas ou roupas no topo) tiveram tanta procura que passaram a ser vendidos também online! Pena que tudo isso já acabou!

Confiram algumas imagens:

A exposição de vestidos históricos:

E os cupcakes!!

 

 

Comentar